Coronavírus – Dicas para o seu equilíbrio emocional durante a quarentena

Coronavírus – 12 dicas para cuidar do seu equilíbrio emocional durante a quarentena

COVID-19Estamos passando por um momento novo. Estamos acostumados a ter liberdade, a fazer o que queremos e ir para onde queremos. A vida flui e passa que não nos damos conta de tanta coisa. Subitamente exigem de nós que fiquemos em casa e aí a gente se dá conta do quanto precisamos das atividades sociais que tínhamos disponíveis todos os dias. Invisíveis para muita gente até agora. Tudo isso por causa de um vírus que inicialmente não demos importância. O coronavírus que a gente não vê, mas está por aí.

Fomos pegos de surpresa e muitas vezes não sabemos o que fazer. Achamos que temos tudo sob o nosso controle e nos vemos em uma situação que escancara a nossa vulnerabilidade. Somos seres finitos, limitados e temos muitos medos. Como lidar com todos esses sentimentos que vem? Como lidar com a quarentena e todos os pensamentos que nos afligem?

A quarentena tem nos exigido olhar para dentro e repensar no que fazer para buscar um equilíbrio emocional em meio a sensação de caos.

Autocuidado é fundamental e todos nós podemos usar esse momento que estamos passando para uma evolução, crescimento pessoal, aprendizados e resiliência. Abaixo descrevo 11 dicas para te ajudar a manter a mente e o corpo saudável durante esse momento:

1. Crie uma rotina durante a semana.

Criar uma rotina é fundamental para nossa organização mental. Se você está trabalhando de Home Office, continue estabelecendo horário para começar e terminar o seu trabalho. Se você está sem trabalho, por mais difícil que seja e por todas as preocupações que possam vir, aproveite o momento criar um projeto novo. Rentável ou não, é o momento de desenvolver novas habilidades. 

Acorde sempre no mesmo horário e organize a sua agenda, com horário para as refeições, trabalho/projeto, atividades físicas e descanso. Faça os fins de semana terem mais cara de fins de semana, então deixe mais horários livres e use o tempo para contatos sociais com amigos e familiares. 

2. Organização da casa e das atividades.

Use o tempo em casa para organizar as coisas que estão acumuladas por um tempo. Agora é o momento de arrumar os armários, guarda-roupa, cozinha, documentos e qualquer outra pendência na sua própria casa. Faça uma agenda de coisas para fazer nesses dias de quarentena.

3. Contato telefônico/vídeo chamada com familiares e amigos.

Retome os contatos com familiares e amigos, agora que você tem um tempo a mais, ligue para eles.

4. Planejamento pessoal.

Se ainda não fez, aproveite o tempo para fazer um planejamento individual para o ano. Como está a sua vida nos diferentes aspectos: saúde e disposição, desenvolvimento intelectual, equilíbrio emocional, realização e propósito, recursos financeiros, relacionamento familiar, relacionamento amoroso, relacionamentos sociais, criatividade, hobbies e diversão e espiritualidade. Nesse post aqui eu dou a dica de como fazer o seu planejamento pessoal.

5. Fazer atividades físicas em casa e/ou yoga.

Hoje em dia existem muitos vídeos no YouTube que orientam como fazer a atividade e o que fazer. Isso é importantíssimo para liberar serotonina e dopamina que são neurotransmissores que atuam diretamente no nosso humor.

6. Praticar o autocuidado.

Cuidar de si mesmo, se alimentar bem, cuidar da pele, dentes, cabelos. Tudo que as vezes na correria do dia a dia a gente não tem tempo para fazer.

7. Leia livros

lendo livroPegue os livros que estão na estante há anos e que você não teve tempo de ler antes. Busque cursos online para fazer. Hoje em dia temos diversas plataformas com cursos online gratuitos como: FGV, SENAI,  SEBRAEPerestroika, Coursera, Edx e tantos outros que podem ser encontrados em buscas no Google.

8. Veja filmes, séries e documentários.

Diversas plataformas como Netflix, HBO, Amazon prime tem muita opção para isso.

9. Evite redes sociais e excessos de informações sobre o Coronavírus (COVID-19).

As vezes perdemos muito tempo obcecados tentando entender ou controlar as coisas por informações que temos. Isso não é saudável. A gente precisa se informar e tomar os cuidados necessários, mas o excesso de informação e as fake news não fazem bem para nós.

10. Estreite laços e melhore o seus relacionamentos

Se você tem filhos, aproveite esse momento para estreitar os laços. Se for criança, brinque mais, elabore atividades, pinte, desenhe, recorte, cole, joguem, leiam livros juntos, cozinhem juntos e participem de atividades juntos, sessão de cinema em casa e muita criatividade. Tem muito conteúdo online e dicas para os pequenos. Se são mais velhos, busque conversar mais, façam planejamentos pessoais juntos, leiam livros e troquem figurinhas do que tem lido, vejam filmes juntos e conversem sobre. Faça o mesmo com seu parceirx, colega de casa/apartamento.

11. Faça meditação.

meditationEstudos comprovam o quanto a meditação tem contribuído para redução da ansiedade. Existe aplicativo chamado Insight Timer que tem diversas meditações guiadas e muitos outros vídeos no YouTube. Use a tecnologia ao seu favor.

12. Observe os seus sentimentos.

Muitas vezes somos super estimulados no nosso dia a dia e não temos tempo de olhar para dentro. Pratique mais o autoconhecimento. O que pensa? Como se sente ao pensar determinadas coisas? O que você quer? O que te deixa ansioso(a)? Por que? Quais são seus medos? Como lidar com tudo isso? Autoconhecimento é fundamental para o nosso desenvolvimento pessoal, autoestima, saúde e bem-estar.

Se ainda assim você se sente muito angustiado(a) e acredita que precisa de ajuda, procure uma psicóloga online. Hoje em dia podemos oferecer esse tipo de serviço e os estudos mostram que são tão eficientes quanto a psicoterapia presencial. Estamos sempre disponíveis para dar o suporte que você precisa.

Escrito  por Psicóloga Camila Reis em 19/03/2020.

Imagens: Pinterest