Terapia de Casal: Como funciona?

No Brasil, na década de 80, a maioria dos casais que procuravam ajuda eram “legalmente” casados e de no máximo meia idade. Atualmente, esse dado vem mudando e existe uma crescente variedade de parceiros que procuram os consultórios de psicologia. Namorados, casais que moram juntos, jovens, idosos, heterossexuais, homossexuais e outras formas de amor vão em busca do profissional. A terapia de casal trabalha com as questões que preocupam os membros, como comunicação, afeto, tolerância, entre outros.

A terapia de Casal desenvolve habilidades de comunicação entre o casal, além de melhorar a afetividade dos membros.

Como a psicóloga pode ajudar?

Há ditados populares como: “em briga de marido e mulher não se mete a colher” que são bem comuns no nosso dia a dia. Por isso, você pode estar se questionar como um psicólogo pode ajudar na relação do casal.  Já que esses ditados ratificam a crença de que o casal deve se acertar sozinho. Entretanto, existem momentos na vida de alguns casais em que a resolução dos problemas torna-se quase impossível apenas entre eles. Esses momentos começam a se apresentar quando as coisas não vão bem e o casal já não consegue conversar. Eles brigam por tudo, a vida sexual já não é mais saudável e prazerosa, há discordância com relação à educação dos filhos. Eles também trocam grosserias e às vezes chegam a faltar com respeito um com o outro. Isso tudo pode mostrar que a comunicação, convivência, capacidade de solução de problemas já não funcionam mais.

Como funciona a terapia de casal?

Nesse cenário, a terapia de casal, como toda psicoterapia, tem como principal objetivo minimizar o sofrimento dos envolvidos e aumentar o contato com as contingências reforçadoras. Em outras palavras, a terapia busca proporcionar um ambiente saudável e harmonioso. Desse modo, o psicólogo irá identificar como é a crise do casal e qual é o nível dessa crise. Além disso, analisará quais os problemas que colaboram para a falha na comunicação, baixa qualidade de interação e desavenças. Como também, o psicólogo irá avaliar como cada um relata a sua versão da história e qual o compromisso do casal com o seu relacionamento.

Após a fase de avaliação e identificação das queixas do casal, o psicólogo auxiliará na promoção de mudanças. Será analisado os aspectos positivos e negativos de ambos. Haverá também um foco na comunicação entre o par, para torná-la mais transparente, respeitosa e assertiva. Como também, será orientado a aceitação de si e do outro. Cada dificuldade deve ser discutida, pensada e trabalhada. Se houver dificuldades quanto ao manejo na educação dos filhos, será analisado junto aos mesmos, quais as formas mais saudáveis de trabalhar esses pontos, com foco na promoção e cuidado para as crianças. Além disso, vale a pena ser ressaltado que em uma relação, nunca há somente um lado responsável por tudo de errado. Para a manutenção e construção de uma vida saudável e comunicativa os dois têm responsabilidades.

A terapia de casal tem como objetivo melhorar a comunicação e estabelecer uma melhor qualidade de vida para os seus membros.

A importância da Terapia de Casal

Dessa forma, ainda que seja um processo difícil no início, já que expor as questões do casal nem sempre é confortável, o profissional está totalmente aberto a ouvir as dificuldades, sem julgamentos ou pré-conceitos. É preciso enxergar o mundo sob a ótica de cada um, pois o par tem uma história de vida diferente e possivelmente cada um age diferentemente em cada situação. Por isso, com o terceiro olhar, externo a essa relação, o psicólogo poderá trazer pontos que nunca foram percebidos.

O que achou desse artigo? Deixe o seu comentário e compartilhe!

FONTE:

Lettieri, D. O uso de técnicas e recursos terapêuticos na terapia de casal comportamental. In: www.comportese.com. 2014.

Carvalho, A. P. M.; Cavalcante, C.; Moreira, F. B. Terapia Comportamental de Casais. UEL. Sem data.

Imagens: Pinterest

Escrito por Psicóloga Camila Reis (CRP 06/112110) em 05/07/2016.